DIA INTERNACIONAL DA PRIVACIDADE DE DADOS

O Dia Internacional da Privacidade de Dados, celebra se anualmente, a 28 de janeiro.

Foi escolhido o dia 28 para a celebração desta data já que foi a 28 de janeiro de 1981 que se estabeleceu a Convenção 108 do Conselho da Europa, a convenção “para a proteção das pessoas relativamente ao tratamento automatizado de dados de carácter pessoal”. A referida convenção pretende garantir:

a todas as pessoas singulares, seja qual for a sua nacionalidade ou residência, o respeito pelos seus direitos e liberdades fundamentais, e especialmente pelo seu direito à vida privada, face ao tratamento automatizado dos dados de carácter pessoal que lhes digam respeito («protecção dos dados»).

Fonte: Comissão Nacional de Proteção de Dados – CNPD

Neste dia são promovidas acções para aumentar a consciência das pessoas relativamente à importância da privacidade e promover a protecção dos dados pessoais.
Num mundo que está cada vez mais conectado e globalizado faz com que, muitas vezes, as pessoas tenham a impressão que a privacidade será necessária num futuro próximo, mas a verdade é que, ao contrário, a privacidade de dados pessoais nunca foi tão importante como agora. Mas apesar disso, muitos usuários não dão importância deixado para depois essa preocupação, não ligam ao risco que correm, nem mesmo preocupam em saber como fazer para se proteger.

Hoje em dia os nossos dados estão espalhados por todo o lado!

Mas será apenas o nosso nome, morada, telefone, contribuinte os nossos dados?

Hoje em dia seja num cartão de supermercado, um cartão de pontos de uma qualquer marca de combustível, num motor de busca na Internet, nas redes sociais, em qualquer sitio onde pedimos factura.. ficam lá os nossos dados.

Mas, serão apenas o nome, morada, telefone, importantes?

Entramos numa era em já desbloqueamos um Smartphone por impressão digital, ou seja está gravado no Smartphone a nossa impressão digital.

E se o Smartphone for parar as mãos erradas? E se conseguirem manipular o ficheiro onde esta gravado esse registo?

Alguns smartphone ja têm reconhecimento facial! e as nossa fotos de rosto que estão nas redes sociais? não serão ela possiveis de manipular para uso no reconhecimento facial?

Poucas pessoas têm conhecimento.. mas empresas como google, facebook, entre outras elas recolhem as nossas informações, elas estudam nos para saber nossos hábitos, nossos gostos, até a nossa voz elas reconhecem e tudo isto porque nos o permitimos quando estamos aceitas usar os serviços deles.
Ao criar uma conta nessas empresas estamos automaticamente aceitar os seus termos, as suas condições e a permitir que usem a nossa informação.

Pense nisto!
Pratique uma melhor politica de protecção de dados, proteja se..